quinta-feira, 21 de setembro de 2017

É com você que eu, minha vida, quero passar!

Você é linda.
Como sempre continua linda
Desde qdo te conheci.
Nós conversamos
E meu desejo só aumentava por ti.
Não aguentei e lhe roubei um beijo
E gostei!
Nos conhecemos melhor
E me surpreendi
De tamanha beleza adentro que vi.
E quão forte é,
Me contou das experiências da vida
E percebi, cada vez mais pensava quero você pra mim!
Nosso tempo juntos só me mostrou
O quanto a vida nos combinou.
Cada detalhe que você falava
Em mim completava.
E dps em nossa noite te amor,
Naquele maravilhoso fulgor
Meu coração entoava músicas
E meu pensamento só dizia
É com vc que qro minha vida passar!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Pedaço de mim

Eu ainda a amo.
Ela só me quer bem.
Era de se esperar
depois de tanto tempo
e de tanto vai e vem.

Se eu ainda penso nela
e ela, às vezes, pensa em mim também
ficar de vez em quando
até que cairia bem.

Mas cada vez que a gente fica
meu vazio fica maior.
E pra ela nada muda
é só um dia normal.

Mas meu Deus me explica:
Porque penso tanto nela
mais até do que em mim.

A vontade que dá
é voar
pra qualquer lugar
e de lá nunca mais voltar.

E assim o meu pedaço
que ainda está nela
talvez algum dia
ainda possa voltar pra mim.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

O dia que troquei meu amor por uma paixão

Vontade à flor da pele
Imagens e pensamentos apaixonados
Numa total imersão
Me fizeram esquecer completamente
Que aquilo era só uma paixão.

E como tudo que é novo
Aquilo me chamou atenção
Não conseguia respirar
Sem pensar onde qria estar.

Mas a paixão é traiçoeira
Simplesmente pelo fato
De que quem te engana não são os outros
Mas você engana a si mesmo
Projetando uma imagem perfeita
De algo imperfeito desde sua concepção.

E por dias esqueci do meu amor
Aquela flor cheia de espinhos
Que nasce no coração.
E quando percebi
O tempo passou tão rápido
Que não olhei pra dentro de mim
Pro meu coração.

Por mais que eu tentasse
A paixão não virava amor
E me dei conta de que em meu coração
Só havia um espaço para a flor do amor
E decidi ver
O que eu vi não era bonito de se ver
A flor que havia em meu peito
Morreu por falta de ser regada
E seus espinhos encravaram na terra.

Respirei e tentei retirar pelo caule
Mas cada vez que puxava
um espinho fazia um rasgo no meu coração
E agora ele está dilacerado.
Totalmente impróprio para uma nova plantação
A paixão passou e foi embora
Por não haver lugar pra se plantar
E o amor
Essa flor está amassada nas páginas
Do meu livro de vida
E seus espinhos

Ainda fazem latejar meu coração.